Guardiãs da Natureza visitam o Parque Natural do Litoral Norte

A encerrar a primeira fase do projeto da Rede de Guardiãs da Natureza e Desenvolvimento Sustentável do Parque Natural do Litoral Norte, as 13 formandas deste projeto realizaram uma visita guiada à área protegida deste parque. Esta saída de campo, que teve lugar no passado sábado, dia 11 de novembro, foi o culminar da formação e visou dar a conhecer “in loco” as particularidades do território e valores naturais presentes na área do Parque Natural.

O projeto Rede de Guardiãs da Natureza e Desenvolvimento Sustentável é promovido pela Business as Nature – Associação para a Produção e Consumo Sustentável e Economia Circular, com a parceria da empresa municipal Esposende Ambiente e do Parque Natural do Litoral Norte e financiado pelo Fundo Ambiental.

A decorrer em oito áreas protegidas de Portugal Continental, este projeto insere-se no Plano de Ação do Movimento das Mulheres pelo Clima e tem como principal propósito contribuir para a implementação de modelos de gestão mais próximos de quem está no território, permitindo o reconhecimento do valor do património natural por parte das comunidade locais e a perceção da importância da biodiversidade pela sociedade, contribuindo para a melhoria do seu estado de conservação e para a regeneração dos ecossistemas. O envolvimento e capacitação das mulheres como guardiãs e defensoras da sustentabilidade do meio rural é, assim, um elemento incontornável para a concretização de um modelo de desenvolvimento assente na valorização do território e dos valores naturais.

Também no âmbito da formação das Guardiãs da Natureza, no dia 4 de novembro, teve lugar, no Centro de Educação Ambiental de Esposende, o workshop “Laboratórios de Mudança”, onde começaram a ser esboçados os projetos de intervenção que estas mulheres ambicionam desenvolver para contribuir para a salvaguarda dos valores naturais e culturais desta área protegida. Este workshop correspondeu ao último módulo do Programa de Formação de 24 horas iniciado a 14 de outubro e que tratou temas como: desenvolvimento sustentável, sustentabilidade nas empresas e organizações, uso eficiente dos recursos naturais, economia circular, oportunidades e potencialidades, modos de produção e sistemas agro-alimentares sustentáveis, sustentabilidade no Turismo, empreendedorismo em áreas protegidas e oportunidades de financiamento. A próxima fase da Rede de Guardiãs terá como objetivo apoiar a concretização de projetos idealizados discutidos ao longo da formação.

Com esta iniciativa Esposende dá um contributo superior para o cumprimento global dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, nomeadamente no que concerne a proteger, restaurar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres.

Mais notícias e eventos

Concurso de fotografia

Litoral norte · Um olhar natural

Os temas a concurso são: Paisagem e habitats naturais, Fauna (marinha/terrestre) e Flora e funga.